Quanto custa um site em portugal? Peça aqui o seu orçamento.

Saiba quanto custa um website feito em Portugal em 2018.

 

Quanto custa um site do qual estamos orgulhosos e que reflete corretamente a nossa marca? Neste artigo vamos decompor os diferentes tipos de website e os seus custos, para que perceba qual é o que vai precisar e quanto pode esperar pagar pela construção desse mesmo site.

 

Sumário do artigo:

  1. Quanto custa um site.
  2. A quem recorrer para criar o seu site?
  3. Custos imediatos e custos mensais de um site.
  4. Custos das actualizações do conteúdo de um site.
  5. As 6 estapas do desenvolvimento de um site.
  6. Questões a colocar ao designer do seu site futuro.
  7. Outras coisas a ter em conta.
  8. Peça agora o seu orçamento para criação de website.

Um website é um dos elementos mais importantes de qualquer negócio, não procure atalhos, contrate um profissional.

 

Estudos recentes demonstram que ter um site pode aumentar o lucro de um negócio em 45%, apenas por existir! Embora se estime que milhares de negócios em Portugal ainda não possuem um, e que muitos outros não têm um website adequado e capaz.

Pior ainda, é vermos que as empresas Portuguesas gastam apenas 10% do seu orçamento de marketing no canal online, e que na hora de desenvolver um projeto tão vital como um website, as empresas e os empresários Portugueses tentam poupar tostões! Optando pelo serviço mais barato que encontram, o que muitas vezes se revela um erro colossal que nalguns casos pode levar a um declínio rápido do negócio ou até mesmo à sua dissolução e insólvencia.

Outro erro crasso, são os serviços de manutenção e alojamento, que podem afetar drasticamente a performance do seu site, ao ponto de inutilizá-lo.

Façamos a seguinte analogia, imagine que o seu negócio é de motorista, onde irá passar a maior parte do seu dia? Dentro de um carro certo? Sendo o seu negócio, a sua fonte de sustento, a sua marca, o local onde passar a maior parte do seu dia, você vai querer poupar no carro? Na manutenção do carro? Correndo o risco dele deixar de funcionar ou não ser veloz o suficiente para transportar prontamente os seus clientes, prestando um bom serviço? Possivelmente, se se conseguir imaginar nesta situação , a sua resposta será que não, então pense da mesma forma em relação ao seu website porque ele pode muito mais que aumentar as suas vendas, ele pode ser TODO o seu negócio!

Quanto custa um website profissional?

 

Ainda existe muita confusão sobre o que é que um site faz, e quanto deve custar – precisamos de gastar milhares, ou podemos simplesmente construi-lo nós mesmos? E se gastarmos para alguém desenhar o nosso site, quais os custos a longo prazo?

Nós percebemos estas questões. É difícil saber onde começar, e na verdade, cada caso é um caso. Por isso vamos explorar todos os custos envolvidos com a criação e manutenção de sites de todos as diferentes dimensões, para lhe oferecer uma ideia mais clara do que precisa e do que poderá custar.

Se necessário, nós mesmos podemos ajudá-lo a construir o seu novo website, solicite o seu orçamento aqui.

 

 

Sumário dos custos do design de um site:

Há vários tipos de websites diferentes, mas para o propósito deste artigo dividimo-los em quatro categorias diferentes:

website simples

Website simples

Estilo brochura, composto por uma a cinco páginas com multiplas secções, por exemplo uma landing page e uma página de contacto.

Um site básico é composto por entre uma a cinco páginas, e quer apenas funcionalidades simples. São excelentes se quisermos uma presença online simples. É ideal para profissionais por conta própria em industrias tradicionais que não precisam de fazer updates constantes.

Custo de um site simples: Custa entre 490 e 990 euros. Peça uma proposta orçamento gratuita agora mesmo.

Website simples
Quanto custa um website simples?

Ao criar o seu site, não se esqueça que as suas necessidades irão evoluir com o passar dos anos. Se estiver a planear expandir a sua companhia, ou prever aumentos súbitos no numero de visitantes, mencione isto à pessoa a quem estiver responsável para o seu site, para que ele seja “future proof”, ou seja, à prova de futuro.

O custo de um site simples pode ser decomposto da seguinte forma:

  1. Design e construção: 249 a 999€
  2. Produção de conteúdos e guia de estilo: 299€ a 599€

Total a pronto pagamento 249€ a 1598€

  1. Alojamento profissional na Cloud: 9€ a 29€ mês.
  2. Caixa de email profissional: a partir de 4€ por caixa de email.
  3. Updates de conteúdos, textos e imagens: 35€ a 50€ /hora.
  4. Manutenção e updates do software do site: 29€ a 59€ mensais.

Total de custos mensais: a partir de 29€.

Peça o seu orçamento aqui.

 

Claro que, estes preços dependem do tamanho e complexidade do site e de quem irá fazer as actualizações do site e dos conteúdos (algo que pode fazer você mesmo), assim como se irá utilizar um serviço de email profissional (em média 5€ por caixa de email) ou um serviço de email associado ao hosting partilhado (sem custos).

Ao pedir uma proposta, tente ser o mais específico possível e garanta que entende o custo total.

A transparência nos estágios iniciais do processo do web design entre si e o seu designer garantirá que toda a gente estará a trabalhar para o mesmo objectivo, e irá prevenir custos adicionais em correções futuras.

Tenha em consideração que uma grande parte do tempo dispendido a produzir o seu site está na produção dos conteúdos para o seu site, forneça referências de outros sites em relação a oque procura, prepare um guia de estilo da marca que defina tipos de letra, cores e logótipo a utilizar.

Saiba especificamente quantas páginas ou secções precisa, e que textos e imagens quer colocar nas páginas.

Opcionalmente pode pedir ajuda à empresa de design para produzir também os conteúdos, logo e guia de estilo para a sua marca e site, na Intuitiva fazemos habitualmente esse serviço, a começar nos 300€ por site, em adição ao custo de desenvolvimento.

website profissional

Website profissional: Pequeno negócio ou Startup

Estilo brochura, várias páginas ou página única com várias secções, rico em funcionalidades e com integração com social media CMS, google analytics e mapas. É boa para startups, pequenos negócios, freelancers e pessoas que precisam de fazer updates com alguma periodicidade.

Custo de um site Startup/negócio: Custa entre 990 e 1490 euros. Peça uma proposta orçamento gratuita agora mesmo.

Website profissional
Qual o custo de um website profissional?

Um site de pequenos negócios tem o tamanho perfeito para um negócio que requer um pouco mais que um site básico, ou que procura um upgrade do seu site já existente para uma imagem mais actual.

O que geralmente aumenta um custo de um site para pequenos negócios é a gestão das redes sociais integrada e as campanhas de anúncios para gerar visitas ao site, por isso opte por um website profissional com um design responsivo e um sistema de gestão de conteúdos, como é o caso do WordPress.

Também geralmente costumam ter mais páginas do que um site básico, e geralmente serão desenhados para funcionar primariamente em telemóveis, que é hoje a forma de acesso mais usada para aceder a um site.

Estes sites são excelentes para quem quer fazer updates regulares ao seu conteúdo.

O custo de um site profissional para pequenos negócios, pode ser decomposto da seguinte forma:

  1. Design e construção: 600 a 1250€
  2. Produção de conteúdos e guia de estilo: 0€ a 750€

Total a pronto pagamento 600€ a 2000€

  1. Alojamento profissional na Cloud: 29€ a 59€ mês.
  2. Caixa de email profissional: 1€ a 4€ por caixa de email.
  3. Updates de conteúdos, textos e imagens: 35€ a 50€ /hora.
  4. Manutenção e updates do software do site: 29€ a 59€ mensais.

Total de custos mensais: a partir de 29€.

Peça o seu orçamento aqui.

Pagar por um site bem desenhado não é uma garantia de sucesso.

Assim que tiver o seu site completado, recomendamos que reforce a sua presença com updates de marketing e conteúdo, de forma a fazer com que os visitantes continuem a voltar ao site. Disponibilizar um orçamento mensal de tempo e dinheiro pode ser uma excelente forma de garantir que isto não é esquecido.

website para loja online

Website para e-commerce, loja online

Tem tudo o que o anterior tem, mais funcionalidades Ecommerce de gestão de vendas e tracking de envios assim como acompanhamento ao cliente e gestão de encomendas. É o ideal para qualquer negócio que queira vender online.

Custo de um site loja online / ecommerce: Custa entre 1490 e 3000 euros. Peça uma proposta orçamento gratuita agora mesmo.

Loja online
Quanto custa uma loja online?

O custo deste tipo de sites pode variar bastante.

O preço é afetado pelo número de items que queremos ter em stock, e o numero de variedade de cada item que está acessível.

Também, claro, dependerá do número de funcionalidades individuais que queremos incorporar. Podemos esperar que um web design de e-commerce inclua um sistema de gestão de vendas, tracking de entregas e uma funcionalidade de live chat, para além de todas as funcionalidades já presentes num site de pequenos negócios.

O custo de uma loja online, pode ser decomposto da seguinte forma:

  1. Design e construção: 900 a 2500€
  2. Produção de conteúdos e guia de estilo: 0€ a 1000€

Total a pronto pagamento 900€ a 3500€

  1. Alojamento profissional na Cloud: 10€ a 70€
  2. Caixa de email profissional: 0€ a 5€ por caixa de email.
  3. Updates de conteúdos, textos e imagens: 0€ a 950€ mensais.
  4. Manutenção e updates do software do site: 10€ a 55€ mensais.

Total de custos mensais: 20€ a 1075€

Peça o seu orçamento aqui.

 

Ao comissionar o site de Ecommerce, é importante pensar no que se quer para o site. Este site irá ser a maior representação da nossa marca – precisamos que as pessoas fiquem a ler posts, e que se envolvam com a sua social media? Quer que as pessoas voltem ao site? Ou será uma loja mais simplificada em que as pessoas fazem as compras o mais depressa possivel logo antes de sair? A maior parte das vendas será efetuada pelo telemóvel, ou pelo computador?

Em adição à manutenção normal, o hosting, domínio e custos de design, sugerimos que também considere os custos de um certrificado SSL. Isto irá adicionar mais uma camada de segurança ao seu site, o que dará uma melhor sensação de segurança aos clientes. Isto dará ao site um prefixo “https” ao invés de “http”, o S significa seguro, e isto é levado a sério. Especialmente pelo google.

website feito à medida

Website por medida 

 Sites com bases de dados, funcionalidades avançadas e sub páginas ilimitadas. Ideais para negócios complexos, como websites para Booking de alojamento local, listagens de propriedades imobiliárias, serviços financeiros, recrutamentos, saúde e fitness, etc.

Custo de um site por medida: Preço a partir de 3000 euros. Peça uma proposta orçamento gratuita agora mesmo.

Website simples
Quanto custa um website feito à medida?

Os websites por medida são excelentes para empresas maiores que requerem mais funcionalidades, com um maior numero de visitantes ou mais informação para partilhar, ou ainda que tenham necessidades únicas de gestão de informação, manutenção de bases de dados e modelos transacionais específicos.

Para sites mais pequenos sem qualquer requerimento complexo, um webdesigner pode normalmente modificar um site já existente para o nosso negócio. Neste caso, o website é customizado, mas não por medida. O verdadeiro website por medida é criado de raiz para obedecer a um conjunto específico de requerimentos.

Estes sites funcionam à base de bases de dados. Têm funcionalidades avançadas e sub-páginas ilimitadas. Geralmente são requeridos por negócios de certas indústrias, incluindo serviços financeiros, saúde e arquitetos. Os websites bespoke também são os melhores no que toca ao mobile, pois se dedicam a criar um design fluido específico para o seu ecrã. 50% das pesquisas online são feitas pelo telemóvel, portanto isto é muito importante.

Ao pedir um site destes, é importante estar a trabalhar com um parceiro dedicado. A não ser que tenhamos uma relação forte com um freelancer talentoso, recomendamos que procure uma agência. Isto garante que receberá o melhor serviço possível.

Os preços para este tipo de projecto começam nos 450€ por dia e tem geralmente uma duração média de 3 a 6 meses de desenvolvimento. O custo total será na casa dos milhares de euros.

O custo de um site profissional para pequenos negócios, pode ser decomposto da seguinte forma:

  1. 15% a 50% do valor total de desenvolvimento.
  2. Pagamento restante por etapas de desenvolvimento.

Em termos de preço, um site por medida é certamente mais caro que qualquer outro tipo de site.

Se não tiver a certeza sobre que tipo de site quer, não pense só na funcionalidade e no numero de visitantes com o qual está a trabalhar no momento, mas nas suas necessidades para os próximos anos. Ter um site que está pronto a crescer é imperativo!

Peça o seu orçamento aqui.

 

Outras opções

 

Crie o seu próprio site, DIY e website builders.

Claro que, a opção mais barata é o DIY (Do it your self ou em Português o  Faça-você-mesmo).

Há vários designers de sites no mercado que permitem a criação de um site desde a origem, gratuitamente, e sem precisar de qualquer experiência, com contrapartidas. Requerem o seu tempo, têm uma curva de aprendizagem que pode ser complexa de mais para o seu nível de utilização tecnológica, e caso requeira funcionalidades mais avançadas, podem não existir ou podem requerer pagamentos elevados e muitas vezes recorrentes.

Contúdo, são excelentes para criar um site simples que cabe num molde pre desenhado. Para algo mais sofisticado e único, recomendamos sempre recorrer a um developer com experiência.

 

Website builders

Se quer evitar os custos de pagar a um profissional, pode considerar utilizar um website builder para criar o seu site. Estes criadores são ferramentas que nos permitem criar sites apelativos de forma rápida e eficiente. Com os builders, todos os aspetos técnicos ficam em boas mãos. O hosting é providenciado pelo website builder, e podemos simplesmente copiar e colar elementos na nossa página, sem saber programar.

 

Atenção: Um site feito com um website builder não é verdadeiramente seu!

Criar um site desta forma implicará ficarmos limitados ao web builder. E refêns da empresa do builder, o site nunca é verdadeiramente seu e pode ser “deitado abaixo” ou “sequestrado” a qualquer momento, para além de que o alojamento destes buiders costuma ser partilhado e muito limitado, o que significa que se o seu site tiver muita afluência, possivelmente vai “abaixo” e deixa de estar acessível.

Se o seu negócio depende um website, ou se um website pode afetar a sua marca negativamente, sugerimos que contrate um profissional para o auxiliar ao invés de utilizar um destes builders.

 

Alguns exemplos de website builders gratuitos que pode encontrar online.

  • Wix
  • Squarespace
  • Weebly
  • Shopify
  • Bigcommerce
  • 1&1
  • Sitebuilder.com
  • Site123

 

  

Quanto custa um website depois de construído?

Custos adicionais de um website, depois de construído.

 

 

 

Custos iniciais com um website

Nome de Domínio

Para lá dos custos de design, o custo principal será a compra de um domínio (para quem não tiver já um)

Um domain name é uma morada única para um site. Por exemplo, o domain name da Intuitiva é “intuitiva.pt”

Os sites .com e .pt custam entre 10 a 15 euros por ano. O site só será seu enquanto pagar este valor, se deixar de pagar perder o direito ao domínio e ele pode ser registado por outra pesoa.

Assim que tiver encontrado o seu domain name, poderá pagar compra-lo num site como o GoDaddy.

Os preços variam dependendo na popularidade do seu domain name. Os sites mais desejados podem custar dezenas de milhares de euros por ano, portanto procure algumas combinações antes de escolher um. Para este artigo, limitámos o custo a 100 Eur por ano.

 

Custos a longo prazo com um website

Hosting / alojamento, qual optar?

Todos os sites precisam de ser alojados num servidor, é isso que faz com que fique acessível à net. Basicamente significa que estamos a alugar ou a comprar um espaço na internet. Entender o significado de hosting não é necessário, mas é essencial saber que o nosso site precisa dele e as opções são.

 

Alojamento Partilhado: 3 a 10 eur mês (não recomendamos)

É a forma menos dispendiosa. A nossa plataforma é partilhada com outros sites, o que significa que o custo é partilhado. O lado negativo é que também partilhamos a largura de banda. Isto significa que competimos pelo espaço no servidor com outros sites. É uma excelente opção para pequenos websites.

 

Alojamento VPS: 10 a 45 eur mês (não recomendamos)

É um bom ponto intermédio entre partilhado e dedicado. Um VPS é um servidor físico que aloca vários servidores aos seus sites. Desta forma evitamos os problemas associados com a partilha de host.

 

Alojamento Cloud: 10 a 350 eur mês (a opção que recomendamos 🏆)

Com o cloud hosting o nosso site está num servidor virtual. É uma opção popular por várias razões. Para começar, os planos podem acomodar grandes aumentos no número de visitas. Segundo, é fácil adaptar hosting na cloud para acomodar as nossas necessidades. Em terceiro lugar, só pagamos o que utilizamos. É um passo seguinte lógico para um site que começou num hosting partilhado mas que começou a ver um grande aumento no tráfego.

 

Alojamento Dedicado: 65 – 200 eur mês (opcional)

Com esta opção, temos o nosso próprio server dedicado ao nosso site. Os websites que são particularmente grandes ou complexos, ou que requerem grande segurança beneficiarão de hosting dedicado. É também a melhor opção para sites com muito tráfego. Não partilhar um servidor com outros sites tem as suas vantagens, nomeadamente que não temos que competir por largura de banda. Isto reflete.-se no seu elevado preço.

 

Peça o seu orçamento aqui.

 

 

Custos de manutenção e actualizações de conteúdo do seu website.

 

Para além dos custos de alojamento, também precisaremos de ter em conta o custo dos updates e produções de conteúdo.

Os custos variarão dependendo do tamanho do nosso site e da quantidade de informação a actualizar.

Lembre-se que o site nunca está realmente “concluído”, mesmo quando estamos felizes com a sua aparência e funcionalidade.

Garanta que faz os updates de uma forma ou de outra regularmente, de forma a manter a sua audiência interessada, e para aparecer nas procuras do google.

Uma estratégia de produção de conteúdos é fundamental, podem ser necessários inserções de novos produtos, de imagens de trabalhos realizados, de novos artigos, notícias, novidades, etc.

Tenha ideia dos seguintes valores,

 

1. Produção de conteúdos escritos

Produzir conteúdo escrito é algo que podemos fazer nós próprios, mas que pode ser muito melhor se contratarmos especialistas. Os custos variam entre 75 e os 500 euros por artigo original, devidamente formatado e decorado com imagens e vídeo.

 

2. Imagens

Contratar um fotógrafo para recolher um conjunto de imagens para a nossa marca ou produto é sempre uma boa escolha. Podemos também comprar imagens de stock. O preço médio de uma sessão ou reportagem fotográfica, em Portugal, varia entres os 75€ e os 1500€.

 

3. SEO/Marketing

Digamos que possui uma pastelaria em Lisboa. Googlar pastelaria em Lisboa irá produzir demasiados resultados. Como fazer com que o nosso website apareça logo em primeiro?

Muito tem a ver com a relevância do nosso negócio, e no quão atualizado o nosso site está, e quantos visitantes têm. Contudo, há outras coisas que podemos fazer para garantir que o nosso site aparece o mais acima da lista possível.

É ai que entra o SEO. Significa Search Engine Optimisation, ou seja otimização do motor de busca, é o processo de fazer com que um site ganhe o máximo de visibilidade possível, o que irá significar mais negócio para si!

Os motores de busca gostam mais de sites que carregam depressa e que oferecem a informação que as pessoas procuram, entre outras coisas.

Na Intuitiva oferecemos serviços de SEO como parte da construção do site, geralmente este investimento começa nos 150€ mensais para gestão e optimização SEO, ao qual deve acrescer a produção de artigos originais e conteúdo estrategicamente relevante para que o SEO funcione.

Vamos conversar? Peça o seu orçamento aqui.

 

A quem recorrer para criar o seu site?

 

1. Você mesmo.

Os website builders tem se tornado mais prevalentes e sofisticados recentemente. São agora uma forma legitima de criar sites individuais ou de negócios. Para além do benefício de custo, também nos permitem colocar um site a funcionar em apenas algumas horas, com pouca experiência de design necessária. Pode também procurar desenvolver copetências nesta àrea através de um curso na Udemy.

 

2. Agência de web design

Agências de web design são geralmente experientes. Criar sites é o que e sabem fazer, e sabem fazê-lo bem, é o que nós fazemos aqui na Intuitiva, pode sempre pedir-nos um orçamento sem compromissos!

São a opção perfeita para um site básico para quem não tem tempo para o fazer sozinho.

 

3. Freelance developer

Utilizar um developer freelance é outra opção para criar um site básico. Encontrar um freelancer adequado pode levar algum tempo e muitas vezes não sabemos com quem estamos a trabalhar, se bem que existem bons profissionais de freelance. Poderá é não ser tão experiente como uma agência. Também serão mais dispendiosos, de uma forma que dificultará prever o custo total, geralmente os freelancers trabalham com um preço por hora.

 

4. Marketplaces offshore

Utilizar uma companhia offshore é uma das opções menos dispendiosas. Contudo, geralmente não são tão profissionais como as outras opções, algo que muitas vezes não é perceptível mas que pode ter consequências nefastas na criação do seu site novo, é a diferença de horários e a barreira da língua. Tenha cuidado com propostas que parecem demasiado boas, ou baratas, para ser verdade.

 

 

Quanto tempo leva a construir um website?

 

Agora que tem uma ideia do custo do site, temos que passar para a segunda pergunta:

Quanto tempo irá levar a criar um site novo?

Não deve ser surpreendente que a resposta também venha a depender do tamanho e complexidade do site, e da capacidade das pessoas que empregámos.

Na Intuitiva, levamos em média 4 a 8 semanas a desenvolver um website novo, com acompanhamento na criação dos conteúdos e com optimização para motor de busca (o chamado SEO) incluída.

Regra geral, trabalhar com uma agência pode levar entre semanas e meses caso queira ter o melhor website possível!

Quanto mais cedo começarmos a criar o seu website, melhor.

 

As 6 etapas do processo da criação de um website profissional

 

 

1ª etapa: A Proposta

Todos os projectos de web design se resumem ao que queremos fazer com o nosso site. Se é só um site simples em que só queremos demonstrar produtos ou serviços, então não precisa de ser um processo demorado.

Mas, se o nosso site for parte chave da nossa oferta de serviços, e se for uma plataforma que estamos a construir online, ai sim, porderá tratar-se de um grande projecto, portanto depende mesmo do que queremos atingir.

A chave para a criação de um site de sucesso é garantir que sabemos exactamente o que queremos, para que a agência com a qual vamos trabalhar possa entender como atingir o objectivo.

 

2ª etapa: Modelos e Estrutura do website

Os modelos ajudam a entender o conteúdo que estará presente na página, a estrutura, o flow de utilizadores e a forma como o site irá funcionar de forma simplificada.

É muito importante entender estes aspectos antes de ficarmos demasiado empolgado com a aparência final do website; é mais importante estabelecer funcionalidade e perceber como é que as páginas funcionarão sozinhas e em grupo – fazer isto ajudará a atingir muitos dos objectivos especificados. 

 

3ª etapa: Aparência

A aparência é pessoal para um negócio ou para uma marca, e é por isso que é importante que a agência que escolher entenda os valores da sua marca. Sem apreciar esta base do seu negócio, a agência poderá cometer sérios erros no design ou você poderá acabar por gastar muito dinheiro com custos extra que não têm nada a ver com o objectivo original.

Não há regras muito rígidas sobre a aparência de um site, mas garantir uma excelente experiência para o utilizador e ter um design que está de acordo com os princípios da sua marca é muito importante.

 

4ª etapa: Desenvolvimento

O desenvolvimento é quando a agência escolhida pega num design e o torna funcional. Há dois tipos de criadores: Front-end e Back-end.

Os Front-end lidam com aquilo que o utilizador observa, enquanto que os Back-end são responsáveis por resolver todos e quaisquer problemas por detrás do que os utilisadores conseguem ver, trabalhando nos sites e nos vários plugins e plataformas que utilizamos.

É importante perceber que é um estágio que pode ser bastante árduo, e que portanto que se pode tratar de um processo demorado.

 

5ª etapa: Testar

Existem três tipos de testes que efectuamos ao seu website:

O primeiro é o on-page, que verifica se uma funcionalidade do teste que foi pedida, desenhada e desenvolvida funciona realmente.

O segundo é o teste de acessibilidade de utilizadores, que envolve garantir que tudo o que precisa de ser acessivel para o utilizador está, e que funciona perfeitamente.

O tipo final é o melhoramento. É um teste continuo que procura descobrir se há alguma funcionalidade do site que pode ser feita de uma melhor maneira: Pode um certo elemento ser movido para funcionar de forma mais eficaz, encorajar mais engagement e ajudar as pessoas a entenderem melhor o que estão a fazer?

Os dois primeiros tipos de testagem são mais eficazes antes do lançamento do site, enquanto que o terceiro deverá ser efectuado regularmente para garantir uma refinação continua do site.

 

6ª etapa: Lançamento

O estado final é lançar o seu website. É muito importante garantir que atingiu todos os objectivos pedidos, mas também é importante saber que nada é 100% perfeito no lançamento.

Ou melhor, o site nunca será perfeito, pois terá sempre lugar para melhorar com a evolução tecnológica. Se adiar o lançamento do site durante demasiado tempo poderá acabar por causar sérios danos ao seu negócio.

Só porque algo não parece perfeito, ou não está no sitio certo, não significa que isso deve afectar o seu lançamento. Estes pequenos problemas são coisas que podem ser resolvidas depois do lançamento. Aliás, deve sempre rever a forma comop os seus visitantes estão a utilizar e a interagir com o site, de forma a garantir que está o mais optimizado possivel.

Vamos conversar? Peça o seu orçamento aqui.

A comunicação é a chave para fazer com que o processo seja o mais simples possível. Precisamos de saber exatamente o que vamos receber por parte do designer, e ele precisa de saber exatamente o que esperamos dele.

Com isto em mente, criamos uma lista de questões que devem ser colocadas ao designer que contratar para criar o seu site. 

 

 

10 questões essênciais para colocar à pessoa responsável pela criação do seu novo website.

 

A comunicação é a chave para fazer com que o processo seja o mais simples possível. Precisamos de saber exatamente o que vamos receber por parte do cliente, e ele precisa de saber exatamente o que esperamos dele. Com isto em mente, criamos uma lista de questões que devem ser colocadas pela pessoa responsável pela criação do seu website.

  1. Quem compra o nome do domínio e o alojamento, está incluido no preço?
  2. Com que facilidade poderá fazer updates no site? Será simples ou vai requerer conhecimentos profundos, e se sim, irão dar formação para o efeito?
  3. Quais as opções e diferentes pacotes de manutenção? Pagamento mensal ou anual?
  4. O site será otimizado para os motoroes de busca através de serviços de SEO? (search engine optimization)
  5. O site funcionará bem em qualquer ecrã de dispositivos móveis? (responsiveness)
  6. Se ficar infeliz com o design final, poderemos efectuar revisões? Quantas revisões incluí o orçamento?
  7. Têm serviços de ajuda no desenvolvimento do conteúdo e das imagens para o site, ou teremos que ser nós a fornecer esses conteúdos antes de dar início à construção do site? (content strategy)
  8. Qual é a escala para o desenvolvimento futuro do site? Será capaz de crescer com o negócio?
  9. Podemos adicionar uma loja online ou um blog?
  10. Que proteções e certificados de segurança terá o site?

Claro que existem muitas outras qestões que podem ser colocadas. Se decidir trabalhar conosco, certificamo-nos que tudo é claro para si, a qualquer momento, durante todas as etapas do processo de criação do seu website. Peça-nos um orçamento sem compromisso!

O que mais ter em conta na hora de construir o seu website?

O web design é um serviço, não um produto!

Pensar o web design como um serviço irá ajuda-lo a perceber porque é difícil atribuir um preço exato.

Os preços são subjetivos… mas o barato, regra geral, saí caro.

O mesmo projeto pode ter custos muito diferentes. Novamente pelo facto do web design ser um serviço e não um produto. Agências diferentes terão formas diferentes de fazer coisas, e priorizam aspetos diferentes do site. A experiência e a creatividade têm um custo!

Ser o mais claro possível sobre o que queremos, e sobre o que não queremos, é a melhor forma de fazer com que os preços sejam os mais adequados possíveis.

Os standards variam entre agências de webdesign.

Como em todas as industrias, a criação de websites irá variar de agência para agência (geralmente o preço é um bom indicador do que estamos a comprar).

Uma boa ideia é olhar para as criticas dos clientes e exemplos de trabalhos anteriores quando estiver a decidir com que agência trabalhar. A melhor opção não é sempre a mais barata, e tudo o que parece demasiado bom para ser verdade, provavelmente é mesmo!

 

Escolha sempre um website WordPress, é mais barato, mais rápido, e simplemente melhor.

O WordPress é uma plataforma open source e por isso gratuito, apesar de que existem custos de alojamento, custos do layout, da adaptação do layout, dos temas, plugins, estratégia de conteúdos, creatividade, rentabilidade, experiência, serviços, etc.

Um site WordPress único é muito personalizado e adaptado ao seu negócio. Na Intuitiva trabalhamos exclusivamente com WordPress e, na grande maioria dos casos, com o tema Divi da Elegant Themes.

Para ter um site WordPress, vai precisar de alojamento, o alojamento mais barato possivel que encontra em Portugal é para esquecer! Fuja disso, até porque nestes casos o espaço do alojamento e a velocidade do servidor onde o site fica alojado são péssimos, e isso afeta negativamente o posicioanemento do seu website nos resultados de pesquisa.

E depois se o tamanho e a complexidade aumentar, também o preço aumentará. Não recomendamos que poupe no alojamento pois está a por em causa o seu negócio. Opte no mínimo, por um alojamento Cloud como a Cloudways.

Os custos com o alojamento Cloud começam nos 10€ mês, sem manutenção dedicada. Com manutenção e monitoria, garantindo que o seu site está sempre online, os custos mensais que nós cobramos são geralmente 29€.

É normal um website profissional custar por volta de 1000€ por ano se tiver um tema actual e plugins úteis, que muitas vezes requerem uma subscrição premium. Se é um site simples, possivelmente terá um custo anual mais baixo, também temos pacotes de alojamento que começam nos 9€ mês para websites simples.

Se é profissional, entenda que um website é um investimento constante, contudo, espere obter um retorno multiplas vezes superior a esse investimento caso contrate o parceiro certo para criar o seu website. Na Intuitiva, acreditamos ser esse parceiro que procura.

Próximos passos para a construção do seu website?

 

Peça o seu orçamento

Agora que já conhece o processo de criação, porque não escolher a melhor agência para criar o seu site? Peça já o seu orçamento gratuito aqui.
w

FALE CONOSCO

Ou use o butão de WhatsApp  para falar directamente connosco através do seu WhatsApp. Estamos sempre disponíveis. Peça o seu orçamento aqui.