SEO Técnico, fundamental ou hype? Tudo o que precisas saber em 2024

Uma fantástica entrevista entre Daniel Foy Carter da SEO Stacko e Julien Goldie pôs o dedo na ferida daquilo a que os consultores SEO chamam de SEO Técnico.

Neste artigo, resumimos os pontos e ideias chave sobre dois dos maiores especialistas da actualidadem em SEO Técnico.

Vamos explorar a regra 80/20 do SEO técnico, o que realmente funciona, e como preparar o seu site para resumos de IA a partir de uma perspectiva técnica.

Discutiremos as atualizações do HCU e previsões para SEO neste ano.

Também abordaremos a importância de garantir que o Google consiga rastrear, indexar e renderizar as páginas do seu site corretamente.

Além disso, destacaremos práticas essenciais e componentes críticos do SEO técnico, especialmente para os tecnicamente iletrados.

Os essênciais do SEO Técnico que deves dominar em 2024

Dentro do SEO a importância dos aspetos técnicos é muitas vezes debatida.

A habilidade do Google para rastrear, indexar e renderizar páginas corretamente é crucial. Elementos como protocolos consistentes, links internos corretos, configuração URL, arquitetura de navegação e uso do hreflang são essenciais.

Um aspeto frequentemente exagerado é a velocidade da página. Daniel Foy Carter, um peso pesado no SEO Técnico, partilha que, em sua experiência, a boa renderização do site é mais importante do que a rapidez do carregamento. Ele prefere proporcionar uma experiência de utilizador satisfatória em vez de focar apenas na velocidade.

Outro ponto a considerar são elementos tradicionais como títulos e descrições. Google pode reescrever descrições e os títulos geralmente têm maior impacto na CTR (click-through rate), não sendo, portanto, tão cruciais como antes. O foco deve estar nas áreas que o Google valoriza atualmente.

Para proprietários de sites, especialmente aqueles com pouco conhecimento técnico, a prioridade deve ser entender a configuração técnica do site. Verificar o que o Google vê ao rastrear o site é fundamental. Ferramentas como Google Search Console, Screaming Frog e estudos básicos de HTML podem ser de grande ajuda.

Manter uma consistência no protocolo é vital. Isso inclui evitar redirecionamentos internos excessivos e garantir que os links internos sejam coerentes. Também deve verificar configurações como DNS e evitar que sites de teste sejam indexados.

A aprendizagem destes conceitos básicos de SEO técnico pode fazer uma diferença significativa na performance do seu site.

O 80/20 do SEO Técnico

No SEO técnico, há várias áreas em que deves concentrar a tua atenção para obteres os melhores resultados. Uma das mais cruciais é garantir que o Google possa rastrear, indexar e renderizar as tuas páginas completamente. Este deve ser o teu foco principal.

A consistência dos protocolos é fundamental. Isso inclui a ligação interna consistente e o uso apropriado de URLs. A configuração correta tanto a nível dos pais como dos filhos também é vital. A navegação e a correta utilização de hreflang são igualmente importantes.

Dogmas e Exageros a Evitar no SEO Técnico

  • Velocidade da Página: Não deves concentrar-te excessivamente na velocidade da página. O importante é que o website carregue de forma que proporcione uma boa experiência ao utilizador.
  • Títulos e Descrições: São menos críticos hoje em dia. O Google muitas vezes reescreve descrições e ajusta títulos conforme necessário.

Prioridades Técnicas

  1. Renderização: Verifica o que o Google vê quando rastreia o teu site. Podes usar ferramentas como o Google Search Console para realizar testes ao vivo.
  2. Indexação: Certifica-te de que o Google está a indexar apenas as páginas relevantes. Usa ferramentas de rastreamento como Screaming Frog para verificar esto.
  3. Consistência: Mantém a consistência nos links internos. Evita acumular redirecionamentos 301 desnecessários.

Ferramentas Úteis

  • Screaming Frog
  • Jet Octopus
  • Deep Crawl

Configurações Adicionais

  • DNS: Verifica se está corretamente configurado.
  • Sites de Teste: Assegura que não estão indexados.
  • Servidor: Garante que o teu servidor está configurado corretamente e é suficientemente robusto.

Seguir estas práticas pode otimizar o desempenho do teu site e melhorar a tua presença nos motores de busca.

Preparando o Site para Overviews IA

Para preparar o seu site para overviews de IA, há alguns passos técnicos importantes que deve seguir. Certifique-se de que o Google pode rastrear, indexar e renderizar as suas páginas completamente. A consistência dos protocolos é essencial, incluindo a utilização consistente de links internos e a configuração correta de URLs.

  1. Arquitetura de URL e Navegação:

    • Use uma estrutura clara e lógica.
    • Evite redirecionamentos internos desnecessários.
    • Mantenha a coerência nos links internos.
  2. Configuração de Robot.txt e Meta Tags:

    • Verifique se o ficheiro robots.txt não bloqueia recursos importantes como CSS e JS.
    • Utilize meta tags apropriadas para controlar o comportamento de rastreamento e indexação.
  3. Renderização de Páginas:

    • Garanta que as páginas são renderizadas corretamente.
    • Utilize ferramentas como Google Search Console para verificar como o Google vê o seu site.
  4. Velocidade da Página e Experiência do Utilizador:

    • Foco mais na experiência geral do utilizador do que apenas na velocidade de carregamento.
    • Core Web Vitals são importantes, mas não devem ser a única preocupação.
  5. SEO Técnico Audit:

    • Faça auditorias regulares utilizando ferramentas como Screaming Frog para identificar e corrigir problemas técnicos.
    • Verifique a indexação e elimine páginas desnecessárias que possam diluir a autoridade das suas páginas principais.

Ferramentas e Recursos

  • Screaming Frog: Para rastrear e auditar o seu site.
  • Google Search Console: Para monitorar e corrigir problemas de indexação e renderização.
  • Vídeos e Cursos Online: Aprenda os fundamentos do HTML e SEO Técnico através de cursos confiáveis.

Dicas Importantes:

  • Não subestime a importância da consistência nos links internos.
  • A qualidade do conteúdo e a autoridade do domínio também desempenham um papel crucial.
  • Verifique se não existem sites de teste ou staging indexados pelo Google.

Com estas práticas, estará no caminho certo para garantir que o seu site está bem preparado para se beneficiar das overviews de IA.

Atualizações do HCU e Previsões para SEO no Ano Corrente

As atualizações do HCU têm um impacto significativo no SEO. O Google continua a evoluir suas tecnologias de rastreamento, indexação e renderização de páginas web. Para melhorar a visibilidade do seu site este ano, é importante focar em vários aspectos técnicos.

Elementos Cruciais do SEO Técnico

  • Protocolos Consistentes: Certifique-se de que os links internos são consistentes e configurados corretamente.
  • Arquitetura de URL e Navegação: Estruture as URLs de forma lógica.
  • Configuração robots.txt: Verifique se não está a bloquear recursos essenciais como CSS e JS.
  • Rastreio e Indexação: Garanta que o Google pode rastrear e indexar as páginas importantes do seu site.

Mitigação de Mitos

A velocidade da página tem sido exageradamente enfatizada. Certifique-se de que o site oferece uma boa experiência ao utilizador, mas não se preocupe obsessivamente com as métricas de velocidade. A qualidade do conteúdo e a estrutura técnica sólida são mais importantes.

Ferramentas Úteis

  • Google Search Console: Faça testes ao vivo para verificar o que o Google vê.
  • Screaming Frog: Utilize para analisar e identificar problemas técnicos.
  • Cursos e Webinars: Aprender fundamentos de HTML pode ajudar a entender melhor o seu site.

Tendências Futuras

Prepare-se para as mudanças contínuas focando em áreas que o Google está a priorizar.

Trabalhe na consistência do protocolo, configuração correta do robots.txt e uma boa arquitetura de URL para assegurar uma experiência de utilizador harmoniosa e um SEO eficiente.

Tente reduzir a dependência de ideias antigas e adote práticas que refletem as capacidades tecnológicas mais recentes do Google.

Mantenha-se atualizado com as melhores práticas e as mudanças no algoritmo para se manter à frente na otimização dos motores de busca.

SEO Técnico é Exagerado?

O SEO técnico envolve a capacidade do Google para rastrear, indexar e renderizar páginas de forma eficaz. Aspectos como a consistência nos protocolos, a arquitetura de URLs, a configuração correta de hreflang e a navegação são cruciais.

Existem elementos que muitas vezes são vistos como exagerados, como a velocidade da página. A prioridade deve ser garantir que o site renda corretamente e proporcione uma boa experiência ao utilizador. De acordo com testes, muitos sites que carregam rapidamente não têm bons valores nos Core Web Vitals.

Elementos tradicionais como títulos e descrições também não são tão relevantes quanto costumavam ser. Hoje, o foco deve estar nas novas direções que o Google segue, em vez de conceitos antigos e desatualizados de SEO técnico.

Elementos Cruciais no SEO Técnico

  • Protocolos Consistentes: Garanta que a ligação interna e o uso de URLs sejam consistentes.
  • Configuração de URLs: Mantenha uma estrutura clara e organizada.
  • Renderização Correta: Assegure-se de que o Google pode renderizar o seu site adequadamente.
  • Navegação e Hreflang: Configure correctamente para uma melhor experiência e rastreio.

Não Exagere na Velocidade da Página

Muitas discussões e auditorias de SEO ainda enfatizam excessivamente os Core Web Vitals. Embora importantes, não devem ser o único foco.

  • Experiência do Utilizador: Priorize uma boa experiência ao utilizador em vez de apenas melhorar a velocidade da página.
  • Auditorias de SEO: Muitas auditorias de SEO enfatizam demais os Core Web Vitals, o que pode ser enganador.

Prioridades Técnicas Para Iniciantes

Se está a começar no SEO técnico, aqui estão as prioridades básicas para aprender:

  1. Renderização da Página: Use o Google Search Console para verificar como o Google vê o seu site.
  2. Rastreamento e Indexação: Utilize ferramentas como o Screaming Frog para garantir que tudo o que deve ser rastreado e indexado está correto.
  3. Consistência de Protocolo: Garanta links internos sem erros e URLs limpas.

Importância de Renderização e Experiência do Usuário

A renderização correta do seu site é crucial para garantir que o Google consiga ver tudo o que está disponível. Muitos sites têm problemas de configuração que impedem o Google de visualizar partes importantes, como CSS e JavaScript, o que pode prejudicar a renderização. Por isso, é essencial usar ferramentas como o Google Search Console para ver o que o Google está realmente a ver. Este passo ajuda a identificar e corrigir problemas de configuração rapidamente.

Além disso, a experiência do usuário é outro ponto vital. Embora a velocidade de carregamento das páginas seja significativa, não é tudo. O que realmente importa é que os utilizadores tenham uma boa experiência ao navegar pelo site. Core Web Vitals são importantes, mas não são o único fator. Sites que carregam rapidamente, mas não oferecem uma boa experiência de navegação, poderão ainda ter problemas de classificação.

Principais Áreas a Focar

  • Renderização: Certifique-se de que todas as partes do site possam ser vistas pelo Google.
  • Consistência de Protocolos: Mantenha links internos e redirecionamentos consistentes para evitar problemas de indexação.
  • Experiência do Usuário: Priorize a usabilidade do site sobre a velocidade pura.

Ferramentas Úteis

  • Google Search Console: Para verificar a renderização.
  • Screaming Frog: Para auditorias de SEO técnico.
  • Ferramentas de Teste de Core Web Vitals: Para garantir uma boa experiência do usuário.

Aprender os fundamentos básicos de HTML também pode ser muito útil. Isso ajudará a identificar e corrigir problemas que afetam a renderização e a experiência do usuário.

Influência da Velocidade da Página no Ranking

Enquanto a velocidade da página é muitas vezes discutida intensamente na comunidade de consultores SEO, a sua influência direta no ranking nem sempre é tão significativa quanto pode parecer. Muitas vezes, a ênfase é colocada em garantir que as páginas carreguem rapidamente. No entanto, o aspecto essencial é oferecer uma boa experiência de utilizador.

Sites que carregam rapidamente, mas que não têm bons indicadores de experiência do utilizador do Core Web Vitals, podem ainda assim ter um bom desempenho. O importante é garantir que as páginas se renderizem corretamente e ofereçam uma experiência de navegação fluida e intuitiva.

É comum encontrar auditorias de SEO que gastam muitas páginas a detalhar a importância da velocidade da página e dos Core Web Vitals. No entanto, observando os principais sites que ranqueiam para determinadas palavras-chave, muitos deles não têm uma validação completa desses indicadores.

Dicas para Otimização:

  • Renderização Correta: Assegure-se de que as páginas do seu site se renderizam corretamente, permitindo que os motores de busca vejam o mesmo que os utilizadores.
  • Experiência do Utilizador: Foque-se mais em garantir uma experiência de utilizador de alta qualidade do que em otimizar excessivamente para alcançar perfeitos Core Web Vitals.
  • Verificação com Ferramentas: Utilize ferramentas como o Google Search Console para verificar como as suas páginas são vistas pelos motores de busca.

Lembre-se, a relação entre a velocidade da página e o ranking é complexa e não se resume a um único fator isolado. O foco primordial deve estar na qualidade da experiência proporcionada ao utilizador.

Componentes Superestimados do SEO Técnico

Apesar da importância de vários elementos no SEO técnico, algumas áreas são frequentemente exageradas. Um desses exemplos é a velocidade da página. Embora seja necessário que o site carregue de forma adequada, a velocidade de carregamento por si só não é o fator decisivo. Focares numa boa experiência do utilizador é muito mais crítico.

Outro ponto é dar demasiada relevância a Core Web Vitals. Muitos acreditam que uma má pontuação em Core Web Vitals pode prejudicar significativamente o teu ranking, mas isto pode ser um engano. Na realidade, muitos sites com posições elevadas não obtêm boas pontuações nestes parâmetros.

Finalmente, elementos tradicionais do SEO como títulos e descrições também são sobrevalorizados. Se o teu objetivo principal é melhorar a taxa de cliques (CTR), pode ser útil, mas para rankings globais, existem fatores muito mais impactantes a considerar. Enfocar nas áreas em que a Google está a evoluir é geralmente mais eficaz.

Componentes Críticos do SEO Técnico

Capacidade de Rastreio e Indexação

Um elemento essencial do SEO técnico é garantir que o Google possa rastrear, indexar e renderizar completamente todas as suas páginas. É crucial verificar se o Google consegue ver todo o conteúdo da página sem problemas. Ferramentas como o Google Search Console podem ajudá-lo a ver o que o Google visualiza ao rastrear e indexar as suas páginas.

Consistência de Protocolos

A consistência é chave. Assegure-se de que os links internos, arquitetura de URL, e outras configurações mantenham um padrão uniforme. Manter URLs consistentes, evitar redirecionamentos internos desnecessários e garantir que a estrutura do site seja limpa e navegável são práticas fundamentais. Ferramentas como Screaming Frog podem facilitar essa análise.

Configuração Técnica

Verifique a configuração técnica do seu site. Questões comuns incluem URLs bloqueadas na robots.txt, problemas de renderização devido a erros no CSS ou Javascript, e conteúdo desnecessário indexado que pode afetar negativamente a autoridade do site. Testes ao vivo no Google Search Console e ferramentas de rastreamento podem ajudar a identificar e corrigir esses problemas.

Importância da Renderização

O que o Google vê quando rastreia o seu site? Certifique-se de que o rendimento das páginas é preciso e eficaz. Problemas de renderização podem prejudicar seriamente a maneira como o Google interpreta o seu site. Utilizar o Google Search Console para visualizar a captura de tela e o código-fonte da página rastreada pode ser revelador.

Protocolos e Redirecionamentos Internos

Evite amontoados de redirecionamentos internos, pois eles podem acumular-se ao longo do tempo, prejudicando a eficiência do site. Assegure-se de que todos os links internos seguem um caminho claro e direto para evitar redirecionamentos desnecessários. Ferramentas de auditoria de sites, como DeepCrawl ou JetOctopus, são úteis nesta análise.

Você pode utilizar estas práticas para assegurar um desempenho técnico sólido, permitindo que o Google rastreie, indexe e apresente suas páginas corretamente, maximizando assim a eficácia do seu SEO técnico.

Melhores Práticas SEO para Iniciantes Tecnicamente Iliteratos

Primeiro, garantir que o Google consiga rastrear, indexar e renderizar as suas páginas completamente é essencial. Verifica a renderização do teu site usando o Google Search Console. Usa a ferramenta de teste de URL ao vivo para verificar o que o Google está a ver. Observa a captura de ecrã e o código-fonte para garantir que tudo está correto.

Links Internos Consistentes

A consistência nos links internos é crucial. Não uses redirecionamentos 301 desnecessários. Verifica se os teus links internos são consistentes e que não existem redirecionamentos empilhados ao longo do tempo.

Configurações Técnicas

Tens de te familiarizar com a configuração técnica do teu site. Compreender as tags HTML fundamentais é útil, mesmo que não saibas programar. Conhecer como as tags funcionam ajuda-te a identificar problemas no teu site.

Ferramentas de Rastreamento

Usa ferramentas como o Screaming Frog, Deep Crawl, ou Jet Octopus para rastrear o teu site. Estas ferramentas ajudam-te a identificar problemas técnicos e a verificar o que o Google consegue rastrear e indexar.

Gestão do Índice

Certifica-te que não tens conteúdos desnecessários no teu índice, isto pode diluir a autoridade das tuas páginas importantes. Verifica regularmente o teu índice para otimizar o desempenho de SEO.

Consistência de Protocolos

Mantém a consistência nos protocolos do teu site. Evita internal redirecionamentos e confirma que os links estão a apontar diretamente para as páginas certas.

DNS e Domínios

Verifica se a configuração do DNS está correta e que não tens sites de teste indexados. Certifica-te que o teu servidor é confiável e seguro.

Recursos Educativos

Existem muitos vídeos e cursos no YouTube que podem ajudar. Escolhe cuidadosamente para aprender os fundamentos do HTML e a importância da rastreabilidade e indexação do teu site.

Seguindio estes passos, estará mais bem preparado para optimizar o teu site mesmo sem conhecimentos técnicos aprofundados.

Prioridades de Aprendizagem em SEO Técnico

Para entender bem o SEO técnico, é importante focar em algumas áreas essenciais. Primeiramente, é crucial garantir que o Google consegue rastrear, indexar e renderizar as suas páginas corretamente. Isto significa assegurar que os protocolos são consistentes, incluindo ligações internas, configuração URL, e a arquitetura de navegação.

Renderização e Rastreamento

Verifica se o teu site está configurado para que o Google possa ver todas as páginas e conteúdo como pretendido. Usa ferramentas como o Google Search Console para testar URLs em tempo real e verificar as capturas de ecrã e o código fonte que o Google vê.

Controle de Indexação

É importante controlar o que está a ser indexado pelo Google. Remover páginas irrelevantes ou duplicadas pode ajudar a melhorar a distribuição de “link equity” para páginas mais importantes. Ferramentas como Screaming Frog podem ajudar a identificar e corrigir estes problemas.

Consistência de Protocolos

Mantém a consistência nas ligações internas e evita redirecionamentos desnecessários. Os redirecionamentos 301 acumulam-se ao longo do tempo e podem prejudicar a performance do site. A limpeza regular do perfil interno de ligações é essencial.

Aspectos Auxiliares

Além das configurações de página, presta atenção à configuração do teu domínio e DNS, garantindo que não tens sites de staging indexados e que o servidor está configurado adequadamente.

Ferramentas Recomendadas

  1. Screaming Frog
  2. JetOctopus
  3. DeepCrawl

Estas ferramentas podem simplificar muitos processos técnicos e fazem parte de um kit de ferramentas essencial para qualquer webmaster ou especialista em SEO técnico.

Estes passos são fundamentais para garantir que o teu site se mantém otimizado e em conformidade com as práticas recomendadas pelo Google.

Compreensão de Configuração Técnica e Protocolos Consistentes

Dentro do SEO técnico, uma parte fundamental é garantir que o Google consiga rastrear, indexar e renderizar completamente as páginas. Outros aspetos técnicos essenciais incluem protocolos consistentes, como linkagem interna consistente e o uso correto de URLs.

Para começar, deve garantir que o seu site é renderizado corretamente. Utilize o Google Search Console para testar URLs ao vivo e verificar as capturas de ecrã e o código fonte que o Google vê.

Além disso, verifique o que está a permitir que o Google rastreie e indexe no seu site. Utilize ferramentas como o Screaming Frog para analisar dados e verificar se há conteúdo que não deveria estar indexado, desviando a equidade de link para páginas menos importantes.

Aprender os fundamentos do HTML pode ser extremamente útil para entender como as tags funcionam e como devem ser usadas corretamente.

Manter consistência nos seus protocolos é crucial. Verifique se não tem redirecionamentos internos que se acumulem com o tempo e mantenha uma limpeza no seu perfil de linkagem interna.

Não se esqueça de itens adicionais como configurar corretamente o DNS e assegurar-se que sites de teste não estão indexados. Ter um servidor apropriado também faz parte das boas práticas de SEO técnico.

Rastreamento, Indexação e Importância do Rendering

Quando falamos de SEO técnico, o rastreamento, a indexação e o rendering das páginas são componentes-chave. Rastreamento refere-se à capacidade do Google de percorrer o seu site. Indexação trata da inclusão dessas páginas nos índices de busca do Google. E rendering é a forma como o Google processa o conteúdo para exibir aos usuários.

Primeiro, assegure-se de que o Google possa rastrear efetivamente o seu site. Para isso, utilize ferramentas como o Google Search Console para verificar o rastreamento do seu site. Verifique também o ficheiro robots.txt para garantir que não está a bloquear áreas essenciais do site.

O Papel da Indexação

A indexação também é vital. Aqui, é crucial gerir o que Google deve ou não indexar. Utilize a ferramenta de inspeção de URLs do Google Search Console para verificar a indexação. Evite que conteúdos irrelevantes ocupem espaço no índice, pois isto pode dispersar a equidade dos links. Ferramentas como Screaming Frog são úteis para auditar o seu site e corrigir problemas de indexação.

Importância do Rendering

O rendering do Google precisa estar correto para exibir o conteúdo tal como você deseja. Erros no rendering podem resultar em uma má experiência do usuário. Verifique o rendering com a ferramenta de inspeção de URLs e certifique-se de que o Google vê o conteúdo completo, incluindo CSS e JavaScript.

Resumindo:

  • Rastreamento: Certifique-se de que o Google pode percorrer o site sem obstáculos.
  • Indexação: Controle o que deve ser indexado.
  • Rendering: Garanta que o Google processa o conteúdo corretamente.

Ferramentas como Google Search Console, Screaming Frog e similares são essenciais neste processo. A correta aplicação destes elementos pode melhorar significativamente seu SEO técnico.

Uso de Ferramentas de SEO e Auditoria

Ferramentas de SEO são essenciais para assegurar que o seu site esteja a funcionar de forma adequada e eficaz. Algumas áreas importantes incluem categorização de URLs, arquitetura de navegação e uso correto de tags como hreflang. Estas ferramentas ajudam a verificar se o Google conseguir rastrear, indexar e renderizar corretamente as suas páginas.

Rendimento do Site

O rendimento do site não se refere apenas à velocidade de carregamento. O foco principal deve ser uma boa experiência do utilizador. As métricas Core Web Vitals são discutidas com frequência, mas é possível que sites com más pontuações ainda obtenham boas classificações se proporcionarem uma boa experiência de utilizador. O mais importante é garantir que o site seja renderizado corretamente.

Auditoria Técnica

Iniciar por investigar o que o Google vê quando rastreia o seu site é crucial. Utilize o Google Search Console para fazer testes de URLs ao vivo e verificar capturas de ecrã e saídas de fonte de cada página. Ferramentas como Screaming Frog podem ajudar a identificar problemas técnicos e itens indesejados no índice que podem estar a consumir a equidade dos links de páginas mais importantes.

Configurações de HTML e Protocolo

Compreender os princípios básicos do HTML é vantajoso. Não é necessário saber programar, mas é útil saber o que faz cada tag para poder diagnosticar problemas. Além disso, assegurar a consistência dos protocolos é essencial. Evite redirecionamentos internos desnecessários e garanta que os links internos sejam consistentes e diretos.

Monitorização de Domínios

Certifique-se de que o DNS está corretamente configurado, que não há sites de staging indexados e que o servidor está bem configurado. Verifique estas configurações regular e sistematicamente para manter o seu site em bom estado e evitar potenciais problemas de SEO.

Ferramentas Recomendadas

  • Screaming Frog
  • JetOctopus
  • DeepCrawl

Estas ferramentas facilitam o rastreio e a análise detalhada do seu site, permitindo uma manutenção contínua e uma otimização técnica eficaz.

Fundamentos do HTML e Análise de Código Interno

Quando se trata de SEO técnico, um dos pontos essenciais é a capacidade do Google de rastrear, indexar e renderizar as páginas do teu site de forma completa. Para garantir isso, é necessário focares-te em vários aspetos técnicos que influenciam diretamente o desempenho do site.

Protocolos Consistentes e Ligação Interna

É crucial manter uma utilização consistente de protocolos e links internos. Certificar-te de que os links internos não conduzem a redirecionamentos desnecessários e que URLs antigos não acumulam redirecionamentos pode melhorar a eficiência do rastreamento pelo Google.

Arquitetura de URL e Navegação

A estrutura da URL deve ser clara e organizada. A navegação do site deve permitir que tanto os utilizadores como os motores de busca encontrem facilmente o conteúdo. As tags como hreflang ajudam a assegurar que o conteúdo adequado é mostrado aos utilizadores no seu idioma preferido.

Renderização de Páginas Web

A renderização adequada das páginas é fundamental. Podes utilizar ferramentas como o Google Search Console para testar URLs e verificar se o Google está a conseguir ver a tua página corretamente. Certifica-te de que o ficheiro robots.txt não bloqueia recursos como CSS e JavaScript, que podem ser necessários para uma renderização correta.

Crawl e Indexação

Determina o que permites que o Google rasteie e indexe. Usa ferramentas como o Screaming Frog para auditar o teu site e identificar problemas como páginas desnecessárias indexadas, que podem diluir a importância das páginas principais.

Fundamentos de HTML

Embora não precises de ser um programador, compreender os fundamentos do HTML é importante. Saber o que as diferentes tags fazem pode ajudar-te a identificar e corrigir problemas mais facilmente. Vê vídeos e cursos sobre os conceitos básicos de HTML para aprimorar esta habilidade.

Crawling e Ferramentas

Utiliza ferramentas de crawling para obter dados sobre o teu site. Ferramentas como JetOctopus e DeepCrawl ajudam a monitorizar e resolver problemas. Além disso, mantém uma configuração de DNS adequada e evita que sites de teste sejam indexados.

Consistência de Protocolo

Evita redirecionamentos internos desnecessários e mantém o perfil de links internos limpo. A consistência em manter URLs estáveis e bem configuradas ao longo do tempo evita problemas acumulados de redirecionamento, que podem afetar a eficiência do rastreamento.

Lembra-te, o foco deve ser proporcionar uma boa experiência ao utilizador e assegurar que o Google consegue acessar e renderizar corretamente o teu conteúdo. Ferramentas e técnicas adequadas fazem uma grande diferença.

Consistência e Manutenção de URLs Internas

Para manter uma boa saúde técnica no seu site, é fundamental garantir a consistência das URLs internas. Aqui estão alguns pontos cruciais a considerar:


  1. Protocolos consistentes: Certifica-te de que todas as URLs internas utilizam o mesmo protocolo (HTTP ou HTTPS). Evita misturar estes protocolos dentro do teu site.



  2. Links internos: Os links internos devem ser consistentes e não devem usar redirecionamentos desnecessários. Redirecionamentos internos podem acumular-se e causar problemas de performance.



  3. Configuração de URL: Mantém uma estrutura de URLs clara. Evita URLs complicadas ou excessivamente longas.



  4. Navegação: Assegura-te que as principais páginas e seções do teu site são facilmente acessíveis através da navegação interna.



  5. Hreflang: Se o teu site é multilingue, configura corretamente as tags hreflang para direcionar os utilizadores para a versão apropriada do conteúdo.


Exemplo de Estrutura Limpa de URLs

PáginaURL CorretaURL Incorreta
Página Inicialhttps://www.exemplo.com/https://exemplo.com/home
Produtoshttps://www.exemplo.com/produtoshttps://exemplo.com/produtos/index
Contatohttps://www.exemplo.com/contatohttps://exemplo.com/contact

Além disso, é fundamental monitorizar regularmente o teu site com ferramentas como Screaming Frog ou Google Search Console. Estas ferramentas ajudam a identificar problemas de indexação e renderização que podem afetar a visibilidade do teu site nos motores de busca.

Dicas para Manter URLs Consistentes

  • Evita Redirecionamentos Internos: Sempre que possível, usa URLs diretas sem redirecionamentos.
  • Revisa Regularmente: Revê regularmente o teu site para assegurar que todas as URLs seguem a configuração desejada.
  • Documenta as Alterações: Mantém um registo das alterações feitas às URLs para evitar conflitos ou esquecimentos futuros.

Manter a consistência das URLs internas é um passo fundamental para garantir que os motores de busca podem rastrear e indexar as tuas páginas eficazmente.

PARTILHA NAS TUAS REDES SOCIAIS COM 1 CLICK

Partilha Agora

Preciso de Ajuda